sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Borboletas negras


Era noite quando ás viu pela primeira vez. No sítio que estava hospedada fazia frio, o cachecol que trazia enrolado no corpo pequeno pouco fazia para aquecê-la, mas não era no céu escuro que fixava seus olhos, ou na brisa gélida noturna que prendia sua atenção. Em vários pontos altos em seu campo de visão borboletas magnificas e raras se agrupavam, como se estivessem sem rumo, no entanto rebeldes demais para permanecerem paradas nos mesmo local. Elas estavam nitidamente inquietas, talvez famintas de algo, ou alguém, a menina, enrolada e tremendo de frio, não soube definir com exatidão. As borboletas de asas negras voavam para cima e para baixo, sempre em grupo, buscando talvez no caminho livre um ponto exato.

 A menina manteve-se ereta na porta aberta de sua casa, esperando ansiosa pela conclusão das visitantes inesperadas, até que um som, mais alto e incomum que estivera ouvido antes, se fez alto e urgente, como uma asa grande, esplêndida, estivesse dando mil batidas por minuto. Ela retrocedeu um passo perante o som desconhecido, até que seu segundo visitante ganhou espaço entre as borboletas, no mesmo instante em que estas, aparentemente defensoras do espírito rebelde e aventureiro, quietaram-se em pontos distantes uma das outras, como se a razão de tal inquietude e desconforto tivesse sido abolida.

No espaço agora criado o homem conservava-se no alto, com seus pés longe do chão, e as asas, longas e negras como o breu que o circulava, batia leve. Um sorriso de alivio desenhou-se no rosto da menina.

"Você demorou..."

Ele nada disse, seu braço, agora estendido, em um mudo convite que só ela entenderia. Não havia mais frio, ou escuro, nada que fosse aquecê-la ou iluminá-la mais do que aquela presença noturna e etérea. Mas, em meio á fantasias, a menina rendeu-se, sublime sendo guiada por seu anjo protetor.

Esse texto foi inspirado em um outro texto beeeeem antigo que escrevi quando tinha 15 anos, pensei em postá-lo mas estava cheio de erros ortográficos e todo mal escrito, fiquei com vergonha :X, mas readaptei, não ficou tão bom quanto gostaria mas... fazer o que ner/

ps; Borboleta negra é um conto inspirado no meu livro, Cristal  :D


20 comentários:

  1. Lindo texto.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amei o conto flor. Eu já tentei inúmeras vezes criar qualquer texto assim mais sou um desastre.

    http://amolivrosdeverdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. escrever na TPM não dar erro, garanto (:

      Excluir
  3. Owwwwwn amei o texto que lindo!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. nossa menina devia escrever um livro,muito bom.
    modamonster33.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Fiquei inspirada com seu texto, hein?
    Vou desenhar uma borboleta negra aqui!! *_*
    xoxo~*

    ResponderExcluir
  6. Que conto mais lindo.Achei legal que você já escreveu um livro!
    Parabéns tem muito talento!
    bjos!
    #LF
    http://www.blogcaprichoebeleza.com/

    ResponderExcluir
  7. Muito bom! Soube usar bem as palavras flor, gostei muito mesmo. Sucesso para você e para o blog ♥


    Beijos, #LF <3
    Escritora Entre 4 Paredes

    ResponderExcluir
  8. Você é escritora... já gostei de você, e tem um livro além de tudo <3

    Beijos ♥ #LF
    www.sonhosmanuscritos.com

    ResponderExcluir
  9. Muito bom flor! Foi vc mesma quem criou? Adorei, vc leva muito jeito para isso!

    Bjs! #LF www.bycati.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigada

      sim foi eu q criei, td conteúdo desse blog é de minha autoria ;)

      Excluir
  10. Que lindo o texto! Não conhecia seu blog ainda mas adorei! Você escreve muito bem! Você escreveu um livro? Que legal, estou nos últimos detalhes do meu, não vejo a hora de publicá-lo! #LF (www.reacreditar.com)

    ResponderExcluir
  11. Gente eu estou arrepiada :c
    Eu amo contos que me arrepiam e esse conto é mágico :O
    Eu estou impressionada, é diferente, irreverente e sedutor eu estou apaixonada '-' vo ler o restante eu gostei demais! Menina não para de escrever essas coisas nãõ se publicar vou virar sua fã

    Beijooo
    Única e Vaidosa #LF

    ResponderExcluir
  12. adorei, lindo texto. Você escreve muito bem :D

    http://fotografando-moda.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir